13 anos!
Home
InstitucionalServiços OnlineLegislaçãoFotosMapasImprensaFale Conosco
DML
DI
DC
Laboratório
DPI
AgendamentoCI
Documentos
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Site do Sistema de Informação ao Cidadão
Seminário Mulheres e a Segurança Pública
.
Consulta SPI
.
 Portal do Servidor - RHE
.
Expresso
.
Consultas Integradas
.

190

Disque Denúncia

Ijuí passará a ter Sala Lilás a partir do próximo dia 4
A 9ª unidade da Sala Lilás no Rio Grande do Sul será inaugurada às 10 horas do dia 4 de dezembro, em Ijuí.  O espaço de acolhimento e orientação àsImage mulheres vítimas de violência integra o Posto Médico Legal do município, na Rua Coronel Dico, 759.
A Sala Lilás tem o objetivo de oferecer um atendimento especializado à mulher vítima de violência. Atualmente instalada em oito cidades gaúchas (Porto Alegre, Santana do Livramento, Caxias do Sul, Bagé, Vacaria, Rio Grande, Lajeado e Canoas), a Sala Lilás evita que a vítima passe por situações de constrangimento.
Além do espaço de acolhimento humanizado, o projeto prevê a sensibilização dos profissionais para o problema da violência de gênero – o que contribui também para qualificar a coleta de provas para materialidade do crime e responsabilização do agressor. Nesse sentido, um diferencial desse serviço tem sido o encaminhamento de mulheres para a perícia psíquica, quando solicitado pela autoridade policial ou pelo Ministério Público.
Na Sala Lilás, as mulheres têm total privacidade, enquanto aguardam o atendimento para a perícia física são recebidas pelo serviço psicossocial e podem fazer o retrato falado digital.
A perícia física compreende o exame de lesões e a coleta de material biológico para exames periciais. O serviço psicossocial foi criado para ajudar as vítimas de violência doméstica e familiar e de abuso sexual. Assistentes sociais reúnem informações sobre as condições sociais dos usuários e, a partir delas, fazem um melhor encaminhamento à rede social de proteção. O retrato falado digital, por sua vez, é feito através do Photoshop. A vítima é atendida por profissionais qualificados.
ASCOM/IGP-1/12/2014
 
Rede Lilás ganha dois novos espaços na cidade de Canoas
ImageO Instituto-Geral de Perícias (IGP) inaugurou, na tarde dessa quinta-feira (27) a oitava unidade da Sala Lilás, em Canoas, na Grande Porto Alegre. O espaço fica no Posto Médico Legal, no Hospital da Ulbra – Avenida Farroupilha, 8001-Bairro São Vicente.
Na mesma tarde, na sede da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, Rua Dr. Sezefredo Azambuja Vieira, nº 2730, a Rede Lilás, em parceria com a Prefeitura Municipal de Canoas, abriu oficialmente o Plantão Lilás – Atendimento Especializado ‘Maria da Penha’ - 24 horas, dentro do Centro de Referência ‘Patricia Esber’ para mulheres vítimas de violência.

Na Sala Lilás, as mulheres têm total privacidade, enquanto aguardam o atendimento para a perícia física são recebidas pelo serviço psicossocial e podem fazer o retrato falado digital do agressor.
A perícia física compreende o exame de lesões e a coleta de material biológico para exames periciais. O serviço psicossocial foi criado para ajudar as vítimas de violência doméstica e familiar e de abuso sexual. Assistentes sociais reúnem informações sobre as condições sociais dos usuários e, a partir delas, fazem um melhor encaminhamento à rede social de proteção.
 
O ato de desenlace da fita inaugural da Sala Lilás em Canoas foi efetivado pela corregedora-geral do IGP e coordenadora estadual do projeto, perita Andréa Brochier Machado, juntamente com a vice-prefeita Beth Colombo, o secretário municipal da Saúde, Marcelo Bósio, a secretária especial da Coordenadoria de Políticas para a Mulher, Márcia Falcão e o diretor do Hospital da Ulbra, Rogério Pires.
 
Na solenidade de inauguração do Plantão Lilás, Andréa Brochier Machado destacou e agradeceu a parceria da Prefeitura de Canoas, na pessoa do prefeito Jairo Jorge da Silva, “colaborador e incentivador da mobilização das mulheres em favor dos direitos e a igualdade de gênero, coincidindo a abertura de dois importantes espaços, dentro da Grande Porto Alegre, nos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a Mulher.
O Centro homenageia a jovem canoense Patrícia Esber, de 32 anos, trabalhadora assassinada pelo marido em maio de 2009. A família autorizou o uso do nome para fortalecer e significar o novo espaço que é criado para acolher e apoiar as mulheres que desejam sair de situações de violência.

O local é composto por uma equipe técnica de advogadas, psicólogas e assistentes sociais, e de recursos materiais para prestar o atendimento de qualidade a todas as mulheres que necessitam de apoio para romper com situações de violência.

Texto e fotos – Ascom IGP/RS em 28/11/2014     
 
SENAC entrega certificados de qualificação de idiomas a servidores do IGP

Nesta manhã, o SENAC entregou a servidores do Instituto-Geral de Perícias os certificados de capacitação em Inglês intermediário e Espanhol Básico. AImage Capacitação / Aperfeiçoamento em língua estrangeira foi através do PRONATEC Copa na Empresa em parceria com o Ministério do Turismo e Secretaria Estadual de Turismo, para os servidores da Secretaria de Segurança Pública - SUSEPE e IGP,  realizado pelo SENAC-RS.

ASCOM/IGP-27/11/2014

 
Projeto de biometria no processo de habilitação de condutores é lançado em Santo Ângelo
No último dia 25 foi lançado na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), em Santo Ângelo, o projeto piloto Biometria do ImageDETRAN/RS, realizado em parceria com o Instituto-Geral de Perícias e PROCERGS. Na ocasião, o IGP foi representado pelo Coordenador da 6ª Coordenadoria Regional de Perícias (DPI/IGP), Perito Filipe Molinar Machado, o DETRAN, pelo Diretor-Geral Adjunto, Denílson da Silva, e a PROCERGS, pela Coordenadora do Projeto IRS, Liliane Utz.
A iniciativa faz parte do projeto IndivíduoRS, que busca a integração dos bancos de dados de indivíduos no Estado do Rio Grande do Sul, instituído através do decreto 51.488, de 6 de maio de 2014.
A implantação do projeto piloto da biometria no processo de habilitação de condutores será iniciada no próximo dia 1º. Previsto em normativa do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o controle do processo de habilitação com a identificação das digitais do candidato tem início em Santo Ângelo e será implantado gradualmente em todo Estado.
O processo funcionará da seguinte forma: no momento da abertura do serviço de primeira habilitação, os dados do candidato serão cruzados com o sistema do Instituto-Geral de Perícias, garantindo mais segurança ao processo. Para isso, será necessário que o candidato tenha um RG do Rio Grande do Sul com imagens (impressões digitais, foto e assinatura) colhidas digitalmente.
O controle por biometria estava em fase de testes desde maio em alguns CFCs do Estado, somente na abertura do serviço de primeira habilitação. No piloto, em Santo Ângelo, esse controle será implantado também no agendamento e na realização das provas teóricas e práticas e nas aulas práticas.  Ainda não será realizado o controle biométrico nas aulas teóricas em simulador, nos exames médicos e avaliações psicológicas.
A implantação para os demais municípios do Estado vai depender dos ajustes necessários observados no projeto piloto. A Companhia de Processamento de Dados do RS (PROCERGS), que desenvolveu as soluções tecnológicas para o controle biométrico, assegura que tecnicamente é possível que a biometria esteja em todas as etapas do processo de habilitação no Rio Grande do Sul até metade de 2015.
No evento de lançamento do projeto também houve discussões sobre as boas iniciativas de cooperação entre entidades para identificação biométrica, visando troca de experiências nas ações cooperativas e propostas de ações que fortaleçam o IndivíduoRS.
ASCOM/IGP-26/11/2014
 
Sala Lilás será inaugurada em Canoas
Na próxima quinta-feira, 27, o Instituto-Geral de Perícias inaugura a oitava Sala Lilás, desta vez no município de Canoas. A solenidade será às 15h, noImage Posto Médico-Legal (Hospital da Ulbra-Av. Farroupilha, 8001-Bairro São Vicente).
A primeira Sala Lilás inaugurada no Estado foi no Departamento Médico-Legal no dia 25 de setembro de 2012, em Porto Alegre.
Em 2013 mais duas Salas Lilás foram instaladas no Rio Grande do Sul, em Santana do Livramento, 31 de outubro, e Caxias do Sul-20 de novembro.
Em 2014, foi inaugurada a Sala Lilás de Bagé, em 07 de março, e na seqüência Vacaria (12/03), Rio Grande (28/03) e Lajeado (31/03).  
Na Sala Lilás, as mulheres têm total privacidade, enquanto aguardam o atendimento para a perícia física são recebidas pelo serviço psicossocial e podem fazer o retrato falado digital.
A perícia física compreende o exame de lesões e a coleta de material biológico para exames periciais. O serviço psicossocial foi criado para ajudar as vítimas de violência doméstica e familiar e de abuso sexual. Assistentes sociais reúnem informações sobre as condições sociais dos usuários e, a partir delas, fazem um melhor encaminhamento à rede social de proteção. O retrato falado digital, por sua vez, é feito no Photoshop. A vítima é atendida por profissionais qualificados.
ASCOM/IGP-25/11/2014
 
Classificação para promoções dos servidores do IGP será publicada no Diário Oficial de amanhã
A lista classificatória relativa às promoções dos servidores do Instituto-Geral de Perícias será publicada na edição do próximo dia 25 do Diário Oficial do Estado.
A lista se refere à sexta promoção do quadro de servidores da Lei 11770, de 2002 e à primeira do novo quadro instituído pela Lei 14.519, de 2014. Serão ordenadas pela antiguidade e terão a informação sobre o grau de merecimento individual.
A partir da data da publicação, os servidores terão o prazo de sete dias úteis para entrarem com recurso.
ASCOM/IGP-25/11/2014
 
<< Início < Anterior | 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 | Seguinte > Final >>

Resultados 105 - 112 de 1496

© 2015

Direção Geral: Rua Voluntários da Pátria, 1358 - 3º andar - CEP 90230-010 - Porto Alegre/RS
Dep. Criminalística Tel.: (51)3223-6677 - Dep. Identificação Tel.: (51)3223-6122/2798
Dep Médico-Legal Tel.: (51)3288-2656/2650 - Laboratório de Perícias Tel.: (51)3288-2664