13 anos!
Home
InstitucionalServiços OnlineLegislaçãoFotosMapasImprensaFale ConoscoTransparência
DML
DI
DC
Laboratório
DPI
AgendamentoCI
Documentos
5º Seminário
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Site do Sistema de Informação ao Cidadão
Consulta SPI
.
 Portal do Servidor - RHE
.
Expresso
.
Consultas Integradas
.

190

Disque Denúncia

INTELIGÊNCIA POLICIAL FRUSTRA FUGA SEM PRECEDENTES NO PRESÍDIO CENTRAL
Image
A Operação Santo, que descobriu um túnel próximo ao Presídio Central de Porto Alegre nesta quarta-feira (22), demonstrou a importância da inteligência policial para evitar uma fuga em massa "sem precedentes" no Rio Grande do Sul. A afirmação é do chefe de Polícia, Emerson Wendt, durante coletiva na tarde dessa quarta-feira (22) para dar mais detalhes sobre a tentativa de fuga da Cadeia Pública. "Evitamos a maior fuga do sistema prisional gaúcho de todos os tempos", afirmou.
Os policiais do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) localizaram um túnel de aproximadamente 50 metros que estava sendo construído em direção à penitenciária. Oito pessoas que trabalhavam no local foram presas em flagrante. Diversos artefatos como pás, picaretas e perfuradores foram apreendidos.
Image
De acordo com o delegado Mario Souza, a investigação havia começado há cerca de quatro meses quando foi descoberto o plano de fuga dos apenados e que um túnel seria construído nos arredores do Presídio Central. Após investigação, os policiais descobriram uma casa usada como fachada para esconder a perfuração. "No local havia diversas ferramentas e o túnel apresentava sinais de conhecimento técnico de engenharia, como estrutura de iluminação, ventilação e escoras para permitir o trânsito no subsolo", explicou.  
O delegado Rafael Pereira informou que o túnel era bem estruturado e projetado. "Quando chegamos, nos deparamos com os homens trabalhando tranquilamente no local. Havia inclusive ar condicionado portátil para amenizar o calor no interior da obra", contou o delegado.
Os presos foram levados ao Denarc e serão encaminhados ao sistema prisional.

O diretor-geral do IGP/RS, perito criminalístico Cleber Müller coordenou pessoalmente o trabalho de levantamento pericial do caso, durante toda a manhã, agilizando o fluxo de informações técnicas aos agentes do Denarc destacados para a missão. Participaram no local peritos do Departamento de Criminalística, Plantão e Engenharia. O DG Cleber Müller também esteve ao lado do delegado Émerson Wendt, quando da chegada do secretário estadual da Segurança Pública, Cezar Schirmer, que observou o trabalho pessoalmente.
Image
Texto: DCS PC em 23/02/2017 Fotos - Rodrigo Ziebel Ascom SSP/RS
Edição: Gonçalo Valduga/Secom       
 
A PERÍCIA OFICIAL DO RS NO COMBATE À CRIMINALIDADE
Image
Audiência Pública promovida pela Assembleia Legislativa oportuniza a discussão de temas ligados ao avanço da criminalidade no Estado
 
Segunda audiência realizada pela Comissão Especial da Segurança Pública, na Assembleia Legislativa do RS. No dia 20 de fevereiro de 2017, segunda-feira, o diretor-geral do IGP/RS, Cleber Müller defendeu com firmeza a posição da Perícia Oficial Gaúcha, frente à criminalidade que avança.
Confira a manifestação do DG IGP, acessando nossa página no You Tube:

https://youtu.be/qwgap92EGqc


Produção e Realização – Norberto Peres – Ascom – DG – IGP/RS em 21/02/2017           
 
OPERAÇÃO VERÃO PARA TODOS 2017
IGP/RS destaca a novidade do Pátio Legal
Image
A data de 17 de fevereiro de 2017, uma sexta-feira, foi escolhida pela SSP/RS para avaliação do andamento da Operação Verão para Todos. No plenário da Câmara de Vereadores de Tramandaí, o secretário Cezar Schirmer presidiu reunião com os gestores das instituições vinculadas: Brigada Militar, Polícia Civil, Instituto-Geral de Perícias, Susepe, mais o Corpo de Bombeiros. O diretor-geral do IGP/RS, perito criminalístico Cleber Müller apresentou um resumo das atividades realizadas pela Perícia e abordou a novidade deste ano: o PÁTIO LEGAL.

Confira na página do IGP/RS no You Tube, a cobertura completa do evento. Acesse:

https://youtu.be/3cKmrvFuZbU

Produção e Realização – Norberto Peres – Ascom – DG – IGP/RS em 21/02/2017      
 
OBRAS DA NOVA SEDE DO INSTITUTO-GERAL DE PERÍCIAS SERÃO RETOMADAS
Image
A nova sede abrigará a administração central do órgão, as direções de departamento e todos os laboratórios responsáveis pelos laudos periciais

As obras do Centro Regional de Excelência em Perícias Criminais do Sul, nova sede do Instituto Geral de Perícias (IGP), serão retomadas. A continuidade dos trabalhos será possível graças a um termo aditivo ao contrato inicial assinado pelo secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, e o diretor-geral do órgão, Cleber Muller, nessa quarta-feira (15).
A nova sede abrigará a administração central do órgão, as direções de departamento e todos os laboratórios responsáveis pelos laudos periciais. Servirá, também, como núcleo de treinamento e intercâmbio de conhecimento para profissionais da área.
 
O prédio será erguido no terreno entre a sede da Secretaria da Segurança Pública e a Estação Rodoviária de Porto Alegre. Com sete andares, o edifício abrigará a estrutura dos Departamentos de Criminalística, de Perícias Laboratoriais e de Perícias do Interior, em 11,7 mil metros quadrados de área construída, erguida em um terreno de 7,3 mil metros quadrados
O Centro Regional de Excelência em Perícias Criminais do Sul faz parte de convênio firmado entre o Ministério da Justiça e Segurança Pública e o governo do Estado. O projeto prevê a construção de cinco unidades, uma em cada região do Brasil, a que se encontra em estágio mais avançado é a do Rio Grande do Sul.

A construtora responsável já concluiu a primeira etapa: 388 estacas foram cravadas no solo. O próximo passo é a escavação em torno delas e a concretagem dos alicerces. A obra tem um valor total de R$ 29,2 milhões. Destes, R$ 25,9 milhões são recursos do governo federal, com contrapartida do governo do Estado de R$ 3,3 milhões. O prazo de conclusão é de 24 meses.

Texto: Norberto Peres/ Ascom DG-IGP em 16/02/2017
Edição: Léa Aragón/ Secom        
 
GOVERNO ENTREGA 29 VIATURAS AO IGP E PRIORIZA AGENDAS DE SEGURANÇA
Governo do Estado destina os novos veículos entregues para serem utilizados no atendimento de crimes em locais de difícil acesso e para grandes deslocamentos
Image
A entrega de 29 novas viaturas para renovação da frota do Instituto Geral de Perícias (IGP), nesta segunda-feira (13), foi uma das medidas de segurança da segunda fase do plano estadual após a adesão ao Plano Nacional de Segurança Pública. O governador José Ivo Sartori iniciou a semana também reunindo-se com autoridades para acompanhar os índices de criminalidade da área.

Os veículos entregues na Secretaria de Segurança Pública, em Porto Alegre, serão utilizados no atendimento de crimes em locais de difícil acesso e para grandes deslocamentos. São 12 Ford Ka para Porto Alegre e mais 14 para Canoas, Lajeado, Vacaria, Erechim, Passo Fundo, Santa Maria, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí, São Luiz Gonzaga, Três Passos, Pelotas, Uruguaiana e Novo Hamburgo. Outras três Mitsubishi L200, dotadas de tração 4x4, irão para Caxias do Sul, Santa Maria e Passo Fundo. A compra foi viabilizada por meio de R$ 3,6 milhões do orçamento da segunda fase do Plano Estadual de Segurança Pública.

ImageSartori salientou que a entrega era uma ação singela do governo do Estado frente às dificuldades financeiras, embora o orçamento da Segurança tenha sido ampliado em 20% e o reajuste firmado em 2014 para brigadianos e policiais civis esteja sendo honrado. "Sabemos que isso ainda é pouco, mas estamos fazendo além do que poderíamos fazer com o pouco que temos. Tenho certeza que temos uma caminhada positiva pela frente. Apesar das dificuldades, estamos procurando investir", afirmou.

O secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, reconheceu a entrega das viaturas como a reposição de uma carência histórica em reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo IGP e destacou que, em breve, o prédio anexo à secretaria terá suas fundações inauguradas e o trabalho da perícia estará mais próximo à SSP.
Para o diretor-geral do IGP, Cleber Muller, a renovação da frota demonstra o comprometimento da gestão com o instituto, que agora pode melhorar sua prova técnica. Os veículos serão distribuídos para as regionais do instituto a partir desta segunda-feira.
Image
Novo momento no combate à criminalidade

Na Sala de Gestão do Centro Integrado de Comando e Controle da SSP, o secretário Cezar Schirmer apresentou ao governador os dados da produtividade dos órgãos da área, os índices da criminalidade e destacou redução dos indicadores no período do segundo semestre de 2016. Quase todos os principais indicadores criminais (homicídio doloso, furto, roubo, furto de veículo, roubo de veículo e latrocínio) registraram queda em relação ao mesmo período de 2015. A única exceção está no crime de homicídio doloso, com alta de 6,5%. Roubo e furto de veículos apontam redução de 17,9% e 11,1%, respectivamente.

O crime de latrocínio, uma das principais preocupações da população atualmente, registra queda de 13,2%.
Ainda nesta segunda-feira, Sartori e o secretário Cezar Schirmer reuniram-se com integrantes do Fórum da Questão Penitenciária, formado por órgãos estaduais para tratar sobre as mazelas do sistema prisional do Rio Grande do Sul, como a falta de vagas em presídios.

"Essa (superlotação) é uma batalha social, que exige uma resposta integrada. O conjunto trabalha melhor. Temos o presídio de Lajeado, que contou com a iniciativa da sociedade em parceria com o Poder Judiciário, como um exemplo positivo. É uma solução sintonizada com a situação delicada das finanças do Estado", sugeriu o governador, que reforçando ainda o compromisso de abrir 6 mil novas vagas prisionais até o final de 2018 e citou a lei aprovada pela Assembleia Legislativa, que permite a troca de imóveis por vagas prisionais. Uma nova reunião com o Fórum deve ser agendada pela Secretaria de Segurança Pública. Participou ainda o deputado estadual Ronaldo Santini, da Comissão Especial da Segurança Pública da AL.

Veja a cobertura completa da entrega de novas viaturas, acessando a página do IGP/RS no You Tube:
Image
 Texto - Letícia Bonato e Claiton Silva - Ascom SSP em 13/02/2017
Edição - Léa Aragón/ Secom
Fotos, produção e realização de vídeo: Norberto Peres – DG – Ascom IGP/RS        
 
ESTADO ADERE AO PLANO NACIONAL DE SEGURANÇA PARA COMBATER CRIMINALIDADE
Image
Sartori assinou o Pacto Federativo pela Segurança na presença do ministro da Justiça em exercício, José Levi Mello do Amaral Jr. - Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini
 
Em ato no Palácio Piratini, nesta sexta-feira (10), o governador José Ivo Sartori e o ministro da Justiça em exercício, José Levi Mello do Amaral Júnior, lançaram o Plano Nacional de Segurança Pública, que terá uma série de ações a partir de Porto Alegre - uma das cidades-piloto no país. O governador também assinou o Pacto Federativo pela Segurança Pública, documento pelo qual o governo federal e os governos estaduais firmam parceria para o combate à criminalidade e promoção da segurança.
Image
Sartori saudou a iniciativa e lembrou que o pacto vem como resposta a uma demanda apresentada ainda em 2015. "Não estamos em uma ilha. O problema é nacional. E que bom que a União está tendo a sensibilidade e esse compromisso de trabalhar em conjunto. Da mesma forma como também fazemos com os municípios", afirmou.
O governador lembrou ainda que o Rio Grande do Sul foi o primeiro estado a perceber a crise e que os impactos se traduzem na prestação de serviços - inclusive na segurança. "Por isso, mesmo com todas as dificuldades, nós chamamos gente. Ampliamos o orçamento da segurança em 20%, nossa única exceção", afirmou, lembrando que o governo está honrando os reajustes concedidos à segurança pública.

A postura do governador foi elogiada pelo ministro Levi, ao detalhar o Plano Nacional, que já foi lançado em Aracaju (SE) e Natal (RN). Segundo ele, o foco das ações integradas está na redução de homicídios dolosos, feminicídio e violência contra a mulher; racionalização e modernização do sistema penitenciário; e combate à criminalidade organizada transnacional.
De acordo com o ministro em exercício, as palavras-chave do Plano que se inicia são "integração, colaboração e cooperação". Trata-se de uma parceria que envolve as polícias e demais organismos da área de segurança nos níveis federal e estadual. "O Plano é algo concreto e em aplicação. Foi feito com diálogo, com vários órgãos, tem respaldo e respeita as peculiaridades dos estados", assinalou.

Uma das principais ações é a montagem do Núcleo de Inteligência, que unirá as áreas de inteligência das Polícias Federal, Rodoviária Federal com as Polícias Militar e Civil e do Estado e as áreas de inteligência penitenciária federal e estadual. Um mapa, atualizado em tempo real, marcará as áreas de incidência de crimes e outras informações, possibilitando a execução de operações específicas no combate ao crime.  
O Plano prevê, por exemplo, ações como o reforço na presença de policiais em áreas de maior incidência criminal, previamente analisadas, integração de dados dos boletins de ocorrência, e reaparelhamento de Guardas Municipais de Tramandaí e Canoas, além do fortalecimento do combate a crimes transnacionais.
Também foi assinado  acordo de cooperação entre União, por meio da Secretaria Nacional de Políticas de Drogas, governo do Estado, Tribunal de Justiça e Ministério Público, para capitalização do Fundo Nacional Antidrogas (Funad).
Image
Estiveram presentes o chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, o secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, a secretária do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, o vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Paulo Roberto Franz, o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, deputados estaduais, representantes das Forças Armadas e autoridades da área da segurança.

Texto: Eliane Iensen Fotos: Luiz Chaves P.Piratini e Rodrigo Ziebell SSP/RS
Edição: Gonçalo Valduga/Secom
 
<< Início < Anterior | 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 | Seguinte > Final >>

Resultados 105 - 112 de 2013

© 2017

Direção Geral: Rua Voluntários da Pátria, 1358 - 3º andar - CEP 90230-010 - Porto Alegre/RS
Dep. Criminalística Tel.: (51)3223-6677 - Dep. Identificação Tel.: (51)3223-6122/2798
Dep Médico-Legal Tel.: (51)3288-2656/2650 - Laboratório de Perícias Tel.: (51)3288-2664