13 anos!
Home
InstitucionalServiços OnlineLegislaçãoFotosMapasImprensaFale ConoscoTransparência
DML
DI
DC
Laboratório
DPI
AgendamentoCI
Documentos
5º Seminário
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Site do Sistema de Informação ao Cidadão
Consulta SPI
.
 Portal do Servidor - RHE
.
Expresso
.
Consultas Integradas
.

190

Disque Denúncia

IGP publica Edital Nº10 sobre recursos e redações

No Edital de Concursos N.° 10/2008, o Instituto-Geral de Perícias divulga os resultados dos recursos referentes às questões em que houve troca de gabarito e aos resultados das provas objetivas e a data do processo de identificação das provas de redação.
A respeito das respostas dos recursos diz o Edital nº10: as respostas aos recursos encaminhados pelos candidatos conforme o estabelecido no Edital de Concursos Nº 09/2008 encontram-se nos respectivos processos individuais.
O prazo para vistas aos processos, conforme o estabelecido no subitem 13.6. do Edital de Concursos Nº 1/2008, os processos instruídos com os recursos referentes às questões em que houve troca de gabarito e aos resultados das provas objetivas, contendo as correspondentes respostas, estarão à disposição dos recorrentes, para vistas, no período de 03 a 09/12/2008, na Divisão de Concursos Públicos da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos, na Av. Praia de Belas nº 1595, em Porto Alegre, em dias úteis, no horário das 9h às 11h30min e das 13h30 às 17h.
Quanto ao processo de identificação das provas de redação dos candidatos aprovados nas provas objetivas dos Concursos C.01/08 a C.07/08 – Peritos, será realizado em ato público na data, horário e local abaixo estabelecido.


Data: 08/12/2008
Horário: 9 horas
Local: Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos
Av. Praia de Belas, 1595 – Porto Alegre/RS.

 
IGP Divulga o Edital 10/2008

Está disponível o Edital 10/2008 que divulga os resultados dos recursos referentes às questões em que houve troca de gabarito e os resultados das provas objetivas e a data do processo de identificação das provas de redação.

O edital está disponível aqui , ou no link ao lado, concurso 2008.

 
Laboratório de Perícias/IGP realiza o Encontro Nacional de Química Forense

ImageO Laboratório de Perícias, do Instituto-Geral de Perícias recebe, nesta segunda-feira (1º/12/2008), os peritos em química forense, representantes das unidades federativas brasileiras, indicados por seus dirigentes gerais, para discutirem e proporem políticas para a área, em âmbito nacional. O encontro promovido através de uma parceria entre o Laboratório de Perícias/IGP e o Departamento de Políticas, Programas e Projetos, da Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, através do Diretor Guaracy Mingardi e do Coordenador-Geral de Perícias, Edson Wagner Cardoso se estende até o próximo dia 03, no Auditório do Instituto-Geral de Perícias, (Rua Voluntários da Pátria, 1358, 3º andar).
Na abertura do evento, a diretora do Laboratório de Perícias, do Instituto-Geral de Perícias, perita Trícia Cristine Kommers Albuquerque, salientou a importância da tarefa do grupo de peritos presentes ao encontro: pensar e propor estratégias e políticas para a química forense no biênio 2009-2010. Lembrou também que a proposta partiu do Coordenador-Geral de Perícias da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), Edson Wagner Cardoso, e contou com o apoio do Diretor do Departamento de Políticas, Programas e Projetos, da Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, Guaracy Mingardi. A diretora do Laboratório de Perícias  nomeou a equipe da instituição, que se responsabilizará pelo evento durante os três dias: Viviane Fassina, Daniel Scolmeister, Rogério Saldanha, Edson Bernardes e Marcos Carpes. Image

O Diretor-Geral do Instituto-Geral de Perícias, perito Áureo Luiz Figueiredo Martins, lembrou a constituição do IGP, a partir de 1997, quando se tornou um órgão autônomo da Segurança Pública, a mudança de designação de Institutos para Departamentos, frisando as competências de cada um. Ao DC, a realização de exames periciais, pesquisas e experiências no campo da Criminalística (informática, engenharia, reconstituições, balística, documentoscopia, impressões latentes, disparo, ambiental e fonética), levantamentos topofotográficos e papiloscópicos nos locais de crime e em sinistros envolvendo patrimônio público. Há ainda, postos do DC em Caxias do Sul, Passo Fundo, Santa Maria e Pelotas. O DML que se ocupa com exames periciais, clínicos e radiológicos, pesquisas e experiências no campo da Medicina Legal e da Odontologia Legal e necropsias pós-exumação, atuando na capital e em 36 postos no interior do Estado. Ao DI compete processar a identificação civil, criminal, post-mortem e elaborar e expedir as carteiras de identidade, contando com 52 postos de Identificação em 49 cidades, interligados on line. O Laboratório de Perícias atua em três áreas: biologia molecular, toxicologia e química forense. O Instituto-Geral de Perícias tem ainda uma corregedoria, uma divisão administrativa e de material próprios. Informou que os Departamentos estão espalhados pela cidade, em endereços separados da sede, porém um dos projetos prioritários para o próximo ano é o início da construção do complexo do IGP, que deverá abrigar todos os departamentos em um mesmo espaço. Áureo Martins reiterou as palavras da diretora do Laboratório de Perícias, ao salientar a importância da proposta do Coordenador-Geral de Perícias da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), Edson Wagner Cardoso, e da aquiescência do Diretor do Departamento de Políticas, Programas e Projetos, da Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, Guaracy Mingardi. 
O Secretário-Adjunto da Segurança Pública, Rubens Edison Pinto, saudou aos presentes, também ressaltando o significado desse evento para a área da química forense, em nível nacional, e também formulou o desejo de que todos os participantes possam colher os frutos desse trabalho e levar para suas cidades.Image
A abertura do Encontro Nacional de Química Forense foi prestigiada pelo comparecimento do Chefe de Polícia, Delegado Pedro Rodrigues, da Diretora do Departamento Médico-Legal, dra. Débora Maria Vargas de Lima, do Diretor do Departamento de Identificação, Guilherme Lopes, do Diretor Administrativo, Sérgio Lopes e do Corregedor-Geral do IGP, Fernando da Silva da Costa.
Participam deste evento, representantes de cada unidade federativa, do Brasil, indicados por seus dirigentes gerais, que atuam na área da Química Forense: Acre- Mario Sandro Martins de Souza; Alagoas- Ana Marcia Nunes Mello Mattos e Rosana Coutinho Freire Silva; Amazonas- Maria de Fátima Pereira Costa  e Najara Marinho de Assis; Amapá- Carlos Henrique de Souza e Diana Benjamim do Carmo Nascimento;Bahia- Jussara de Souza Nascimento e Luiz de Castro Rodrigues Junior;Distrito Federal- Luciano Chaves Arantes e Elmo Resende; Espírito Santo- Regis de Almeida Farani e Tommy Favoreto Romanelo; Goiás- Luciano Figueiredo De Souza, Marcos Antonio Candido e Rodrigo Irani Medeiros; Maranhão- Gislen Georges Mendes Pinheiro e Ivanilde Eusebia Silva da Cruz; Mato Grosso- Carlos Magno Marques e Saulo Lucatelli; Mato Grosso do Sul- Rogério Pereira de Oliveira e Melisa Porto Tronchini; Minas Gerais- Claiton Pires Ventura e Roberta de Faria Rodrigues; Paraíba- Cíntia Maria do Rego Barros Veiga e Lucia Rejane de Macedo Monteiro; Rio de Janeiro- Bruno Duarte Sabino e Denise Bitencourt Rocha Pinto; Rondônia- Francimeiry Cavalcante de Oliveira; Roraima- Aldir Torres Amorim e Aloísio Magela de Aguilar Cruz; Santa Catarina- Alessandra Rosa Koehler e Juliana da Ré; Pará- Cecília Mariana Coutinho de Almeida e Izameire Silva de Moaris Correa; Piauí- Maria dos Remédios L. do Nascimento; Paraná- Gisele Floriani e Junilce Bretas Guidolin; Tocantins- João Bezerra do Vale Neto e Paulo Roberto Figueiredo.

 
Laboratório de Perícias/IGP sedia Encontro Nacional de Toxicologia Forense

ImagePeritos em toxicologia forense, representantes de cada unidade federativa, indicados por seus dirigentes gerais, reúnem-se desde  26 de novembro, no Auditório do Instituto-Geral de Perícias, (Rua Voluntários da Pátria, 1358, 3º andar) para discutir e propor políticas para a área, em âmbito nacional.
Na abertura do evento, a diretora do Laboratório de Perícias, do Instituto-Geral de Perícias, perita Trícia Cristine Kommers Albuquerque, salientou que a idéia de reunir durante três dias os profissionais responsáveis pela toxicologia forense de cada Estado, para pensar e propor a toxicologia forense em 2009-2010 foi sugerida pelo   Coordenador-Geral de Perícias da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), Edson Wagner Cardoso, e apoiada pelo Diretor do Departamento de Políticas, Programas e Projetos, da Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, Guaracy Mingardi.  Trícia Albuquerque ainda frisou que Guaracy Mingardi afirmou acolher as decisões do grupo de trabalho aqui reunido.
O Diretor-Geral do Instituto-Geral de Perícias, perito Áureo Luiz Figueiredo Martins, lembrou a constituição do IGP, a partir de 1997, quando se tornou um órgão autônomo da Segurança Pública e as competências de cada Departamento, a partir de então. Ao DC compete realizar  exames periciais, pesquisas e experiências no campo da Criminalística (informática, engenharia, reconstituições, balística, documentoscopia, impressões latentes, disparo, ambiental e fonética), levantamentos topofotográficos e papiloscópicos nos locais de crime e em sinistros envolvendo patrimônio público. Há ainda, postos do DC em Caxias do Sul, Passo Fundo, Santa Maria e Pelotas. 

Image Ao DML compete realizar exames periciais, clínicos e radiológicos, pesquisas e experiências no campo da Medicina Legal e da Odontologia Legal e nas necropsias pós-exumação, atuando na capital e em 36 postos no interior do Estado. Ao DI compete processar a identificação civil, criminal, post-mortem e elaborar e expedir as carteiras de identidade, contando com 52 postos de Identificação em 49 cidades, interligados on line. Existem ainda cerca de 350 postos off line no interior. Ao LP compete realizar exames periciais e laboratoriais, pesquisas e experiências no campo da Química Toxicológica (exames de drogas e venenos), da imunoematologia (exames de sangue) e da Genética Forense (exames de DNA) em Porto Alegre, sendo que hoje, o Laboratório possui uma infra-estrutura analítica modelo na área forense. Áureo Martins destacou a importância da realização deste encontro, em Porto Alegre, para o Laboratório de Perícia e para o Instituto-Geral de Perícias, como um todo.
O Secretário-Adjunto da Segurança Pública, Rubens Edison Pinto, ressaltou que a realização deste encontro, pelo Laboratório de Perícias, do Instituto-Geral de Perícias/RS, é um passo dado pelo IGP muito importante para o Brasil.  Destacou, ainda, que a estratégia aqui tratada poderá até mesmo influir na Conferência Nacional de Segurança Pública.
O Encontro Nacional de Toxicologia Forense prossegue até o dia 28 de novembro. Durante esses três dias, os peritos da área analisarão e debaterão sobre as necessidades de uma educação continuada, através da oferta de cursos e treinamentos, a destinação de verbas próprias para estruturar e equipar os laboratórios de cada Estado, e a promoção ou criação de mecanismos de controle, que contribuam para a acreditação dos laboratórios estaduais.Image
Estão representados no Encontro Nacional de Toxicologia Forense os seguintes Estados: Acre-Carlos Antônio da Costa Belarmino e Mario Sandro Martins de Souza; Alagoas-Adriana Sarmento Mesquita Mello e Milena Maria Cavalcante Testa; Amapá-Jorge Marcelo da Rocha Ribeiro E Fabrício do Espírito Santo; Amazonas-Alessandra Berto e Juliana Sarmento Leal de Oliveira; Bahia-Josenira Matos de Andrade e Ana Cecília Cardoso Bandeira; Distrito Federal-Luciano Chaves Arantes e Rodrigo de Almeida; Espírito Santo-Daniela Mendes Louzada de Paula e Fabrício Souza Pelição; Goiás-Brígida Nascimento Unes; Maranhão-Izabella Martins Reis e Selma Maria Da Silva Santos; Mato Grosso-Carlos Magno Marques e Paulo Roberto da Silva Bastos; Mato Grosso do Sul-Nelson Fermino Júnior e Rogério Pereira de Oilveira; Minas Gerais-Marcos Luiz  de Oliveira Penido e Marco Antônio Ribeiro Paiva; Rondônia-Angelina Maria da Maia Juracy; Rio Grande do Norte-Fabrício Fernandes de Sá Oliveira e Elias Guilherme Lino; Roraima- Adônis Motta Cavalcante e Erlandson Uchoa Lacerda; Santa Catarina-Rubens Vieira Nascimento e Fernando Meurer; Pará-Nair Correa dos Santos e Yara Lucia Lins Jennings; Paraíba-Raquel Azevedo Carniro da Cunha e Lúcia de Fátima Vasconcelos Dias; Tocantins-Rogério Olavo Marçon e Jaime Almiro Bubolz.

 
Curso de Formação dos Servidores do Instituto-Geral de Perícias ganha bolsa de estudos

A Governadora Yeda Crusius sancionou a Lei 13.074, de 25 de novembro de 2008, que dispõe sobre a concessão de bolsa de estudos para os alunos do Curso de Formação dos Servidores do Instituto-Geral de Perícias (IGP), órgão da SSP. Publicada na página 02, do Diário Oficial do Estado, em 26/11/2008, já beneficiará os candidatos que forem selecionados pelo concurso do IGP, ora em processo, quando atingirem a etapa de realização do curso.
A partir da promulgação da Lei, os candidatos aprovados em concurso público para o Instituto-Geral de Perícias, e matriculados no Curso de Formação previsto em edital de concurso público, durante a realização do curso terão direito à bolsa de estudos no valor correspondente a 50% (cinqüenta por cento) do vencimento básico do cargo pretendido.
O valor da bolsa será pago na proporção da freqüência do candidato ao curso, que não poderá ser inferior a 75% (setenta e cinco por cento) de presença, no mês. A freqüência inferior a 75% poderá incorrer até mesmo em pena de eliminação do respectivo concurso público.
O servidor público estadual, detentor de cargo efetivo e estável, matriculado no curso, terá direito a afastamento do exercício de seu cargo, mediante licença, podendo optar por perceber os vencimentos do cargo que detém, devendo ser considerado em efetivo exercício nos dias em que estiver afastado para freqüentar o curso.Todos os servidores do IGP, ao ingressarem  na instituição, independente do cargo pretendido, realizam um curso de formação, de 600 horas,  que habilita-os a trabalharem na área de perícias. O Diretor-Geral do Instituto-Geral de Perícias, Áureo Luiz Figueiredo Martins, saudou a iniciativa da Governadora Yeda Crusius, dizendo tratar-se de uma conquista histórica para o IGP.

 
Começa amanhã o Encontro Nacional de Toxicologia Forense
Inicia amanhã (26/11) e segue até sexta-feira (28/11) o Encontro Nacional de Toxicologia Forense, promovido pelo Laboratório de Perícias do IGP/RS em parceria com a SENASP/MJ, no Auditório do Instituto-Geral de Perícias-Rua Voluntários da Pátria, 1358, 3º andar-ala Norte.
Participarão deste evento representantes de cada unidade federativa, indicados por seus dirigentes gerais, que exerçam atividades na área da toxicologia forense.
O objetivo do evento é traçar estratégias técnicas-políticas para a área da toxicologia forense, em âmbito nacional.
O primeiro dia do evento será dedicado à troca de experiências entre os participantes, através do relato sucinto das análises e métodos realizados por seus laboratórios. Já no dia 27, a pauta se volta à discussão coletiva sobre as normas nacionais e o exame de propostas para um planejamento estratégico para 2009-2010.
No último dia do evento, 28/11, a partir das 9 horas será realizado um relatório técnico de levantamento da realidade nacional, acompanhado das propostas de atuação para 2009-2010. Das 15h às 17 horas (horário do encerramento)-será produzida uma carta - manifesto, como resultado do trabalho realizado pela manhã.
Durante esses três dias, os peritos da área analisarão e debaterão sobre as necessidades de uma educação continuada-com oferta de cursos e treinamentos, a destinação de verbas próprias para estruturar e equipar os laboratórios de cada Estado, e a promoção ou criação de mecanismos de controle, que contribuam para a acreditação dos laboratórios estaduais.
 
<< Início < Anterior | 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 | Seguinte > Final >>

Resultados 1977 - 1984 de 2123

© 2018

Direção Geral: Rua Voluntários da Pátria, 1358 - 3º andar - CEP 90230-010 - Porto Alegre/RS
Dep. Criminalística Tel.: (51)3223-6677 - Dep. Identificação Tel.: (51)3223-6122/2798
Dep Médico-Legal Tel.: (51)3288-2656/2650 - Laboratório de Perícias Tel.: (51)3288-2664