13 anos!
Home
InstitucionalServiços OnlineLegislaçãoFotosMapasImprensaFale ConoscoTransparência
DML
DI
DC
Laboratório
DPI
AgendamentoCI
Documentos
5º Seminário
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Site do Sistema de Informação ao Cidadão
Consulta SPI
.
 Portal do Servidor - RHE
.
Expresso
.
Consultas Integradas
.

190

Disque Denúncia

SALA LILÁS EM IJUÍ COMEÇA A ATENDER A POPULAÇÃO
Espaço inaugurado há três anos só agora tem condições de prestar serviço às mulheres da região

“É um ambiente diferenciado, apropriado às mulheres, e que dá essa oportunidade de abrir o coração com outras pessoas que vivem as mesmas histórias”. É o que explica Isabel Tondo, coordenadora da Sala Lilás de Ijuí, reativada na última segunda-feira (4), após três anos da inauguração oficial. De 2014 até agora não havia mão-de-obra especializada para garantir atendimento adequado às mulheres vítimas de violência, bem como às crianças menores de 14 anos. Uma funcionária, cedida pela Prefeitura de Ijuí, passou atender a recepção da Sala Lilás.
Image
A Sala Lilás funciona junto à Delegacia de Polícia de Ijuí, na Avenida Coronel Dico, 559, com atendimento ocorre às segundas, quartas e sextas para exames de corpo de delito, das 7h30 às 13h30min. Nos outros dias, o expediente é interno, porém, com equipe de plantonistas disponível para atendimento emergencial. A Sala Lilás de Ijuí é uma das poucas do Estado que conta com dois ambientes, divididos em espaço da Mulher, com televisão e bebedouro, e o espaço das crianças, com brinquedos.

O serviço realizado pela Sala Lilás abrange as cidades de Ijuí, Ajuricaba, Augusto Pestana, Catuípe, Coronel Barros, Chiapetta, Joia e Panambi.

Após a acolhida é feito o cadastro da vítima enquanto aguarda o atendimento pelo perito e o exame de corpo de delito ou ginecológico (em caso de violência sexual) e demais serviços prestados pelo Departamento Médico-Legal (DML).  “As mulheres têm muito medo. Elas sofrem violência física, sexual e psicológica. A Sala Lilás vem acolhê-las de uma forma diferente e com privacidade, ou seja, separando o agressor da vítima. É um ambiente apropriado para que elas se abram e conheçam outras pessoas que vivem um drama semelhante”, explica Isabel Tondo.

Texto – Michelle Oliveira - Ascom – DG – IGP/RS em 06/12/2017
Foto – PML Ijuí        
 
POLÍCIA CIVIL RS CELEBRA 176 ANOS DE HISTÓRIA
Instituição homenageia parceiros com a Medalha Tiradentes
Image
O Instituto-Geral de Perícias (IGP/RS) participa ativamente do aniversário da Polícia Civil que, no dia 4 de dezembro, completou 176 anos desde a fundação. No auditório do Palácio da Polícia, na tarde dessa segunda-feira (04), o chefe da Polícia Civil, delegado ÉMERSON WENDT coordenou a solenidade de outorga da Medalha Tiradentes, aos homens e mulheres que contribuem para a gestão efetiva e de bons resultados da instituição policial civil.

O diretor-geral do IGP/RS, perito criminal EDUARDO LIMA SILVA, juntamente com a perita médica-psiquiatra ANGELITA RIOS, coordenadora do Centro de Referência no Atendimento às vítimas de violência na infância e juventude (CRAI-DML-IGP/RS) foram os homenageados da Perícia Oficial Gaúcha.
A cerimônia contou com a presença da Secretária Estadual do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos e Primeira Dama do RS, MARIA HELENA SARTORI e do Secretário de Estado da Segurança Pública, CEZAR SCHIRMER, dentre outras autoridades.

Veja a cobertura do evento, acessando a página do IGP/RS no You Tube:
https://youtu.be/e5LHolmW1a4

Produção e realização – Norberto Peres – Ascom DG – IGP/RS em 05/12/2017        
 
TECNOLOGIA A SERVIÇO DA IDENTIFICAÇÃO HUMANA
Reunião do Comitê Gestor do IRS discute questões para o avanço do processo
Image
Na tarde desta terça-feira (05), no auditório do Instituto-Geral de Perícias, sede administrativa, em Porto Alegre, esteve reunido o Comitê Gestor do Sistema Integrado de Informações de Indivíduos do RS, o IRS, sistema que utiliza tecnologia de ponta na identificação biométrica de pessoas.
O encontro desta tarde foi aberto com a manifestação do diretor-geral do IGP, EDUARDO LIMA SILVA e a presença do diretor-geral substituto e supervisor técnico, JACKSON DOMBROWSKI.

Participaram da reunião profissionais de várias Instituições que atuam pela implantação do IRS. O Comitê Gestor tem, hoje, a presidência do servidor ANDRÉ LUIZ DA SILVA ASSIS, chefe da Divisão de Tecnologia da Informação do IGP/RS.
Image
Texto e foto – Ascom – DG – IGP/RS em 05/12/2017
 
IGP/RS MARCA PRESENÇA NA CORRIDA DO BEM EM VACARIA
Image
A corrida do Bem - Campos de Cima da Serra, comemorativa ao Dia da Polícia Civil, 03 de dezembro e ao Dia Nacional do Perito Criminal, 04 de dezembro, foi realizada nesse domingo (03), na cidade de Vacaria. Atuando na prevenção ao uso indevido de drogas, promovendo a qualidade de vida através do esporte e difundindo a prática da corrida de rua, a comissão organizadora integrou os corredores num evento de cunho social, esportivo e de lazer, despertando os atletas para a importância de uma atividade física saudável.
Image
O Instituto-Geral de Perícias – IGP/RS contou com a participação da diretora do Departamento de Perícias Laboratoriais, Bianca de Almeida Carvalho, e dos peritos criminais Carine Azambuja e Cláudio Machado, ambos da Supervisão Técnica do IGP/RS, que viajaram 232 Km entre Vacaria e Porto Alegre e completaram o percurso de 5 Km da prova. A papiloscopista Suelen Oliveira Abreu integra a organização do evento. Mais de 1.000 atletas entre homens, mulheres e crianças participaram da corrida.

Texto – Ascom IGP/RS em 04/12/2017
Fotos – PI Vacaria IGP/RS
 
QUATRO DE DEZEMBRO - DIA DO PERITO CRIMINAL
Image
 
INTEGRAÇÃO POLÍCIA/PERÍCIA A FAVOR DA SEGURANÇA PÚBLICA
Trabalho da equipe do Departamento de Identificação (DI) foi decisivo na identificação do “pedófilo de Gravataí”
Image
Nessa quarta-feira (29/11) o blog GAÚCHA/ZH publicou reportagem sobre a identificação e prisão de um homem que praticava pedofilia, atendendo jovens e adolescentes que eram encaminhados para avaliação psicológica. O falso psicólogo e candidato a frade franciscano recebia as vítimas em uma das salas de uma Igreja Católica, em Gravataí, na Grande Porto Alegre.
 
Ao ser detido pela Polícia Civil, o homem se apresentou como sendo WALTER FREDERICO GARCEZ, de nacionalidade romena. O documento encaminhado à Divisão de Identificação Civil, Criminal e Necropapiloscópica, do Departamento de Identificação do IGP/RS, foi objeto de pesquisa e investigação junto à Polícia Federal que constatou a falsidade da carteira. Pelo nome, filiação e data de nascimento, os servidores do IGP/RS encontraram, no Banco de Dados da Polícia do estado de São Paulo, a identidade de WALTER GARCEZ FILHO, o nome verdadeiro do acusado de pedofilia em Gravataí. Por intermédio de ofício, os colegas paulistas informaram da existência de quatro registros com este nome. Além disso, Walter Garcez Filho consta na lista de procurados pela Polícia de São Paulo, também pela prática de pedofilia.

A partir do trabalho da equipe chefiada pela papiloscopista Katia Reolon Bittencourt e comandada pelo diretor Guilherme Ferreira Lopes, do DI-IGP/RS, foi constatado que Walter Garcez Filho, o “Pedófilo de Gravataí” usava a identidade do pai, WALTER FREDERICO GARCEZ. O indivíduo se encontra no Presídio Central, à disposição da Justiça.
 
 
Texto – Norberto Peres – Ascom IGP/RS em 01/12/2017
Fotos e ilustrações – Gabriel Ganzer – ‘Giro de Gravataí’ e Blog Gaúcha/ZH     
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 9 - 16 de 2045

© 2017

Direção Geral: Rua Voluntários da Pátria, 1358 - 3º andar - CEP 90230-010 - Porto Alegre/RS
Dep. Criminalística Tel.: (51)3223-6677 - Dep. Identificação Tel.: (51)3223-6122/2798
Dep Médico-Legal Tel.: (51)3288-2656/2650 - Laboratório de Perícias Tel.: (51)3288-2664