13 anos!
Home
InstitucionalServiços OnlineLegislaçãoFotosMapasImprensaFale Conosco
DML
DI
DC
Laboratório
DPI
AgendamentoCI
Compras
Documentos
Contratação Emergencial 2013
Promoções IGP
Concurso 2008
Seminário 15 Anos
Telefones úteis do IGP
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Emissão da GAD para Pagamento da Taxa da Carteira de Identidade
Banco Nacional do Desenvolvimento
Site do Sistema de Informação ao Cidadão

Revistas do IGP

 Revista do IGP nº3

 

 

 Diminuir a violência no trânsito depende de todos nós. Participe!
Missão e Visão de Futuro
 .
Seminário Mulheres e a Segurança Pública
.
Consulta SPI
.
 Portal do Servidor - RHE
.
Expresso
.
Banrisul
.
Consultas Integradas
.

Site Oficial de Porto Alegre para Copa 2014

Cursos de Ensino à Distância
 

190

Disque Denúncia

6ª CRP participa da apresentação da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher
ImageA 6ª Coordenadoria Regional de Perícias do Departamento de Perícias do Interior (6ª CRP/DPI/IGP) participou, juntamente com a corregedora-geral do IGP e coordenadora estadual do Projeto Sala Lilás, Andréa Brochier Machado, na tarde dessa quarta-feira (02), na Câmara Municipal de Vereadores do município de Cruz Alta, da apresentação da Rede de Atendimento da Segurança Pública para o Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar.
 
A solenidade foi marcada pela presença de mulheres na representação dos governos estadual e municipal, do poder legislativo de Cruz Alta e do próprio IGP/RS. A assessora de gabinete do secretário Airton Michels, Anita Kieling foi designada para representá-lo na cerimônia. O vice-prefeito e secretário municipal de Educação, Moacir Marchesan, representou o Executivo Municipal, enquanto que a Câmara de Vereadores contou com a participação dos parlamentares Estela Maris Fagundes e Olavo Nogueira Pimentel. Andréa Brochier Machado esteve presente na representação do diretor-geral José Cláudio Teixeira Garcia.

Conforme a palestra da coordenadora estadual do Projeto Sala Lilás, Andréa Machado, este espaço “criado como um local de acolhimento à mulher vítima de violência, vêm evoluindo desde a primeira instalação, no Departamento Médico-Legal (DML/Porto Alegre) em 25 de setembro de 2012”. Andrea falou também que serão instaladas mais 13 Salas Lilás no Interior do Estado, além de salientar que a perícia psíquica já está sendo aceita pelo Ministério Público para indiciar os agressores. Na Sala Lilás, as mulheres têm total privacidade, enquanto aguardam o atendimento para a perícia física, sendo recebidas pelo serviço psicossocial e podem fazer o retrato falado digital, do agressor. Andréa Machado também frisou o reconhecimento internacional que o Rio Grande do Sul já alcançou a partir das políticas de enfrentamento à violência contra as mulheres, a Sala Lilás (IGP) e a Patrulha Maria da Penha (Brigada Militar e Polícia Civil) e ratificou a continuidade do trabalho em favor do respeito e da dignidade das mulheres gaúchas.
 
Participaram da capacitação, oficiais da Brigada Militar local, o coordenador do Observatório da Violência Contra a Mulher da Secretaria de Segurança Pública, major Luis Fernando Linch, a assessora de gabinete do secretário Airton Michels, Anita Kieling, o Delegado Regional de Polícia Civil, Cristiano Alvarez, o coordenador regional da 6ª CRP, perito Filipe Molinar Machado, o chefe dos PMLs da 6ª CRP, perito médico-legista Rubilar Martins de Souza, papiloscopista Carmela Ciocari Liberali, fotógrafo criminalístico Leonardo Millani, e demais servidores da Polícia Civil, membros do Poder Executivo e Legislativo municipal, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS),, Secretaria Municipal da Saúde e comunidade regional.
 
Texto – Ascom IGP/RS
Fotos – 6ª CRP/IGP/RS         
 
IGP publica no DOE resultados dos recursos impetrados no processo de contratação emergencial
O Instituto-Geral de Perícias (IGP) publicou nesta quarta-feira, 02 de abril, nas páginas, 58 e 59, do Diário Oficial do Estado, o Edital 04/2014 que informa sobre a Divulgação do Resultado dos Recursos Impetrados, Retificações Necessárias e Abertura de Prazo para a Interposição de Recurso quanto à Pontuação Atribuída aos Títulos Apresentados no Processo Seletivo para Contratação Emergencial, realizado de 10 a 21 de fevereiro.  Na oportunidade, torna-se pública a abertura de prazo de 03 (três) dias úteis, após a publicação do presente Edital, para a interposição de recurso somente quanto às retificações ora apresentadas, devendo, para tanto, ser utilizado o Formulário Padrão para Recurso, conforme modelo constante no Edital 02/2014, publicado no DOE de 07/03/2014, pág. 49 e disponível no site www.igp.rs.gov.br. O referido formulário, devidamente preenchido, deverá ser entregue pessoalmente, ou por Procuração, no Protocolo do IGP, localizado na Rua Voluntários da Pátria nº 1358, 3º andar, Ala Norte, nesta Capital.  
Para acessar o Edital 04/2014, clique em www.igp.rs.gov.br, clicar no link contratação emergencial e posteriormente Edital 04.
ASCOM/IGP-02/04/2014
 
Inaugurada em Lajeado a 7ª Sala Lilás do RS
A 7ª unidade da Sala Lilás no Rio Grande do Sul foi inaugurada na manhã desta segunda-feira (31), em Lajeado, no Vale do Taquari. O espaço deImage acolhimento e orientação às mulheres vítimas de violência, integra o Posto Médico Legal (PML-IGP/RS) e se encontra junto à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), no centro da cidade.

De acordo com o chefe do PML de Lajeado, o perito médico-legista Rogério Zíngano, a abertura da Sala Lilás era aguardada com ansiedade pelas mulheres da região. A chefe de gabinete e representante do secretário Airton Michels na solenidade, Raquel Gomes, declarou que “a estatística, os números de tentativas e femicídios consumados, não somente justificam, mas reforçam as políticas de enfrentamento à violência contra as mulheres tratdas como prioridade pelo governo do RS”.
Já o vice-prefeito de Lajeado, Vilson Jacques Filho, representante do Executivo Municipal, destacou os benefícios que a Sala Lilás trará para a toda a região do Vale, “onde as mulheres sofrem com a violência doméstica e o poder público precisa dar uma resposta à comunidade”. Neste sentido, fez referência ao trabalho da Coordenadoria Municipal da Mulher, representada na solenidade pela senhora Danieli Pimentel.

A coordenadora estadual do Projeto Sala Lilás, Andréa Brochier Machado, também corregedora geral do IGP, frisou o reconhecimento internacional que o Rio Grande do Sul já alcançou a partir das políticas de enfrentamento à violência contra as mulheres, a Sala Lilás (IGP) e a Patrulha Maria da Penha (Brigada Militar e Polícia Civil) e ratificou a continuidade do trabalho em favor do respeito e da dignidade das mulheres gaúchas.

Na cerimônia desta manhã, o gabinete do secretário Airton Michels também foi representado pela assessora Anita Kieling. Pelo IGP, além da corregedora Andréa Machado, prestigiou a inauguração da Sala Lilás em Lajeado, a diretora do Departamento Médico Legal, Elisa Gallardo.

Texto e fotos – Ascom IGP/RS   
 
6ª Coordenadoria Regional de Perícias participa de Fórum Regional de Governo
ImageA 6ª Coordenadoria Regional de Perícias do Departamento de Perícias do Interior (DPI/IGP) participou do Fórum Regional de Governo da região funcional 9, coordenado pelo Secretário-Geral de governo, Sr. Vinicius Wu, na última sexta-feira (28), no Centro Cultural Mozart Pereira Soares, 850, centro, em Palmeira das Missões,

No evento se discutiu o Sistema de Monitoramento Estratégico – SME dos projetos e ações regionais, a execução orçamentária e prestação de contas das ações já realizadas, enfatizando o papel cidadão do estado do RS, por meio do aprimoramento do Sistema Estadual de Participação Popular e Cidadã – PPC  e do Ciclo Orçamentário 2014/2015.

A reunião foi composta pela comunidade regional e servidores públicos dos mais diversos órgãos estaduais. Representando o IGP, por meio da 6ª CRP/DPI, esteve o Coordenador Regional, Perito Filipe Molinar Machado.
Fotos: 6ª CRP.
 
IGP/RS abre a sexta unidade da Sala Lilás em Rio Grande
Na tarde desta sexta-feira (28), o Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) e através do Instituto Geral de PeríciasImage inaugurou oficialmente a Sala Lilás, na cidade do Rio Grande. Instalada junto ao Posto Médico Legal (PML), no Complexo da Santa Casa, a Sala Lilás de Rio Grande é a sexta unidade aberta pelo IGP/RS no Rio Grande do Sul.
 
A solenidade foi marcada pela presença de três mulheres na representação dos governos estadual e municipal, o poder legislativo de Rio Grande e o próprio IGP/RS. A assessora de gabinete do secretário Airton Michels, Anita Kieling foi designada para representá-lo na cerimônia. O prefeito Alexandre Lindemeyer foi representado pela chefe do gabinete na Prefeitura, Darlene Torrada Pereira, enquanto que a Câmara de Vereadores de Rio Grande contou com a participação da parlamentar Denise Rodrigues Marques. A corregedora-geral do IGP e coordenadora estadual do Projeto Sala Lilás, Andréa Brochier Machado, esteve presente na representação do diretor-geral José Cláudio Teixeira Garcia.
 
A vereadora e professora  Denise Marques, a primeira a se manifestar falou da “satisfação em estar participando da solenidade que marca a cidade de Rio Grande, em especial as mulheres. Me sinto lisonjeada por está junto nessa luta e também poder trabalhar, através do legislativo, com esse tema que envolve o bem estar das mulheres”. O perito médico-legista Paulo Barragan, chefe do PML de Rio Grande afirmou que “a Sala Lilás é um passo muito forte para as mulheres riograndinas e que, infelizmente, elas tem o benefício de recebê-la em um momento tão delicado de violência na sociedade, mas que os profissionais do IGP estão de braços abertos para atendê-las” .
Andrea Brochier Machado, que coordenado o projeto no Estado, afirmou que "Rio Grande é mais um município que está sendo inserido na iniciativa do Governo do Estado, através do IGP, que é a Sala Lilás. Não apenas uma sala, cujas paredes foram pintadas nessa cor, mas um local de acolhimento da mulher que passou por qualquer tipo de violência doméstica e com a segurança de que ninguém saberá qual foi a violência que sofreu. Essa humanização é o desejo que o Estado do Rio Grande do Sul quer para a mulher gaúcha”, disse ela.
Darlene Torrada, chefe de gabinete do prefeito Alexandre Lindenmeyer, destacou a luta do executivo municipal, pela  Coordenadoria da Mulher e com o apoio de alguns vereadores da Câmara, em parceria e entrosamento com o Governo do Estado, SSP e IGP.
 
Antes do desenlace da fita inaugural da Sala Lilás de Rio Grande,  a assessora de gabinete do secretário Aírton Michels, Anita Kieling, salientou que “não se faz segurança pública apenas com a polícia, e sim com vários segmentos que formam a segurança dos cidadãos e especialmente  das mulheres. A Sala Lilás pode até não ter, para muitos, um significado expressivo, mas para as mulheres é de extrema importância. De 2012 para 2013 houve uma drástica redução no número de estupros no Rio Grande do Sul, através da Patrulha Maria da Penha e aplicação da Lei Maria da Penha. Isso quer dizer que, a luta não pode parar e o conjunto de medidas implementadas pelo Governo, no enfrentamento à violência contra as mulheres, não se trata de uma política de Governo, mas uma política de Estado”.
 
Texto e fotos – Ascom IGP/RS         
 
IGP participa da Audiência Pública do processo de Participação Popular e Cidadã em Passo Fundo
ImageNessa quarta-feira (26), no auditório do prédio do curso de Direito da Universidade de Passo Fundo (UPF) aconteceu a Audiência Pública Regional, primeira etapa do processo de Participação Popular e Cidadã 2014/2015, que contou com a presença de representantes dos 21 municípios que fazem parte do Corede/Produção, para a definição das áreas temáticas prioritárias na região. A 4ª CRP – Coordenadoria Regional de Perícias do IGP/RS foi representado pela perita criminal Rita de Cássia da Silveira.
 
Foram escolhidas 10 áreas em um total de 16, consideradas fundamentais para toda a região. São elas:
1. Cultura e Inclusão Digital;
2. Desenvolvimento Econômico;
3. Desenvolvimento Rural;
4. Saúde;
5. Segurança Pública e Defesa Civil;
6. Irrigação;
7. Cidadania, Justiça, Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres;
8. Esporte, Lazer e Turismo;
9. Habitação, Desenvolvimento Urbano e Saneamento;
10. Educação Básica, Profissional e Técnica.

Os municípios terão até meados do mês de maio para que possam encaminhar as propostas. A votação dos projetos, pela Internet, ocorre entre os dias 2 e 4 de junho. A votação de forma presencial, somente no dia 4.

Texto e foto – 4ª CRP/IGP-RS Passo Fundo     
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 9 - 16 de 1320

© 2014

Direção Geral: Rua Voluntários da Pátria, 1358 - 3º andar - CEP 90230-010 - Porto Alegre/RS
Dep. Criminalística Tel.: (51)3223-6677/6675 - Dep. Identificação Tel.: (51)3223-6122/2798
Dep Médico-Legal Tel.: (51)3288-2656/2650 - Laboratório de Perícias Tel.: (51)3288-2664